sexta-feira, 13 de abril de 2018

Ter uma experiência - Jonh Dewey

Uma das coisas mais complicadas que já me aconteceu foi a leitura para o meu segundo mestrado. Uma leitura necessária e que eu não encontrava em lugar nenhum na internet. Se um livro é tão imprescindível assim, por que não estar online?

Consegui o livro, escaneei as páginas específicas da leitura para poder compartilhar com todos os estudantes que não tem o dinheiro para comprar o livro e esta parte especial, voltada para o ensino da arte.

Aqui está as páginas 109 a 141 do livro Arte como experiência de Jonh Dewey. Grátis e compartilho com o maior prazer. Boa leitura.

DEWEY, J. Ter uma experiência. In: DEWEY, J. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010, p.109-141.

Baixar

sexta-feira, 16 de março de 2018

Cachorro ladra para quem o dono manda. Mata quem o dono quer.


Hoje, voltando para casa, assistir um solilóquio de um decadente jovem jornalista de uma grande rede de jornalista. Uma gota no mar de maldades que assolam o nosso Brasil.

O dito jornalista (que não vou falar o nome, mas a gota já diz quem é) falava sobre o motorista de Marielle, que morreu no ataque a vereadora. Falou também que todos os esquerdistas maltrapilhos do país defenderam e falaram da vereadora, mas ninguém falou do motorista.

E deu a perceber nas entrelinhas de suas palavras que ELA foi a culpada pela morte do motorista. Não o que todos percebem ser, policiais bandidos por vingança dos seus donos para com a vereadora que em poucos meses fez dezenas de projetos todos de nível social para melhorar a vida do povo, principalmente dos mais carentes.

Me veio a cabeça que, cara! O jornalista (ele é jornalista mesmo?) está defendendo a meses o que o patrão manda e me veio o repente, também, de que um dia, ele será sumariamente demitido (assim como tantos outros) e ai vai reclamar que ou falava o que o dono da empresa queria ou seria demitido. Foi de qualquer jeito.

A mídia defende os interesses dos seus donos, não da sociedade, por isso não assistir ao Jornal das grandes empresas é impressindível. a visão é a do patrão, não dos jornalistas e não estou defendendo eles. São lacaios e gostam do que fazem. Esbravejam moralidade, desde que sejam pago para isso. São ladrões, são assassinos. Tanto ou mais que um corrupto, bandido, criminoso do colarinho branco.
Eles influenciam as pessoas e essas, ah coitadas, são mais criminosas ainda, pois não fazem o básico: ler e assim incentivados a não criticar o que se passa no jornalismo. O que jornalista fala é a verdade, ficando nesse ciclo de revolta e indignação sem saber por que estão fazendo isso.

Mais interessante mesmo é ver que o povo indignado com a morte do motorista, por exemplo, esquece que Marielle foi um pingo (ops) no mar de sangue que corre no Rio. Ela é lembrada, falada, mostrada, por ser alguém conhecida, mas acredite, são milhares de pessoas nos morros sendo mortos e a mídia não fala nada, não mostra nada. Para se ver algo, tem que ver nas redes sociais (essas, apesar dos fakes, mostram muito mais dialética que qualquer jornal empresarial).

Vi, sim material sendo falado também do motorista. Ele a conduzia. mas ela conduzia milhares de pessoas para não serem justamente mortas, simplesmente por existirem.

Todo apoio a qualquer pessoa que defenda a paz, a educação, a cultura. e, também, todo apoio a qualquer família que perder seu ente querido na violência que só tem um mandatário. o poder dos corruptos. eles que detém as mortes de todos em suas mãos e são salvos pela mídia que eles também são donos. 

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

O maior micro conto da da história

Nasceu morto.

Vinheta com minhas produções

Agradeço os organizadores do Festival Cine Fest RN pela escolha de dois trabalhos meus na sua vinheta de divulgação do seu festival.

https://youtu.be/yOIjsZhTJjE



quinta-feira, 31 de agosto de 2017

"The Carrier" Continua seu destino

Lançado em 2013, com roteiro de Evan Young e Arte de Will Walber e Lula Borges, "The Carrier" continua sendo um dos quadrinhos mais lidos na mídia para I-Phones e I-Pads.

A história é sobre um cientista que perde a memória e se encontra com uma mala que não sabe-se o que é e vários espiões no mundo inteiro busca as informações que pode ter dentro da mala.
Para mais informações, entre no site e baixe o quadrinho e promoções que se encontram por lá.
http://www.carriercomicbook.com/
Vários são os prêmios ganhos e várias divulgações sobre o trabalho foram percebidas em várias revistas de quadrinhos mundo afora.


quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Estêncil de parede

Como professor de educação básica voltada para artes, venho desenvolvendo trabalhos práticos com as turmas do ensino fundamental 2 (ou finais) e também ensino médio. Os trabalhos envolvem animação, cinematografia, música, teatro, entre outras coisas.
Para o sétimo ano do fundamental 2 estou desenvolvendo ao londo do 3º bimestre deste ano trabalhos voltados para as artes nas ruas e destas resolvi, em conversa com os alunos, fazer com eles  um trabalho de estêncil de parede, arte já bem distribuída nas paredes das cidades, principalmente na parte pobre ou histórica com os grafiteiros e artistas visuais de rua.
O primeiro passo foi a parte teórica, que vem no livro didático do ano estudado, falando das artes que existem nas ruas e as pessoas nem conhecem direito.
O segundo passo é criar imagens que existem na internet e colar elas em chapas de raios x que foram cedidas por outros professores da escola e também de alunos.
O terceiro passo é cortar, com muito cuidado as imagens que estão coladas nas chapas de raios x e  depois lavar as chapas, para retirar a cola e o papel da chapa e assim ela ficar livre para os meninos usarem nas paredes. (estamos nesta etapa no momento).
O quarto e ultimo passo é pintar as paredes da escola, a partir da escolha da direção, o qual será feito na próxima aula.
Não se pode fazer todos os passos em apenas um dia. Para nosso trabalho são necessários 3 dias ao menos, pois precisamos de tempo para fazer as criações e poder ter melhor domínio no alvoroço dos alunos.
Algumas fotos do que foi criado até o momento.





sexta-feira, 16 de junho de 2017

XI Mostra Boom!!


BOOOM! O papôcalipse está próximo! Nossos curtas mudernos EM TORNO do SOL e O ELO PERDIDO estão, segunda-feira (19/06), 18h45, na BOOM - Mostra Audiovisual competitiva que em sua XI aparição acontece no auditório do LABCOM - Laboratório de Comunicação da Universidade Federal do RN, Natal/RN. Na peleja criaturas audiovisuais de todos os feitios. Veja abaixo informações dos filmes, trailers... A entrada é gratuita
- A FILHA DO CINEMA (ficção)
direção: Anália Alencar
trailer -> https://www.youtube.com/watch?v=NPRK7N7lesg
sinopse: A influência do "fazer cinema", pela ótica de uma jovem filha de cineasta.
- CHUVA (experimental)
direção: Fabio Leal
sinopse: Um belo dia de chuva na charmosa vila inglêsa de Paranapiacaba, serra de São Paulo.
- EM TORNO DO SOL (ficção científica)
direção: Julio Castro , Cruz | Adriano Azambuja -> ator, trilha
Paolo Araújo -> desenho de som , trilha
Karol Barreto -> produção , direção de arte
Aderbal Andrade & Elson Fernandes -> efeitos visuais
trailer: https://vimeo.com/197844380
sinopse: O Sol está com suas atividades mais intensas. O aumento das interferências solares dificulta a geração de energia elétrica no planeta. Os equipamentos eletrônicos se tornaram itens obsoletos na Terra. Mister X busca possibilidades.
- EU, VIVI (ficção)
direção: Pam Lisboa | roteiro: Alexandre Beethoven
trailer -> https://vimeo.com/221685434
sinopse: Vivi é uma compositora anônima, porém, ela faz uma última tentativa somando a sua canção ao arsenal de vídeos de um site famoso de compartilhamentos. Só que ela não pôde prestigiar a repercussão do sucesso de seu derradeiro trabalho.
- ÊXTASE (ficção)
direção: Bárbara Azevedo , Luana Melo , Silvio Guedes
Sinopse: Ester, que nunca havia se relacionado com mulheres, se apaixona por Letícia, com quem vive uma história de amor. Duas jovens mulheres com personalidades antagônicas. Uma perspectiva transcendental sobre o amor, a morte e o orgasmo.
- FRUTOS DO MORRO (documentário)
direção: Eldelany Soares Eldelany X Ricardo
trailer -> https://youtu.be/nLd8hKj0PMM
sinopse: Protagonismo juvenil no bairro de Mãe Luiza (Natal/RN). Diferentes gerações em seus relatos contam como surgiram os primeiros grupos de jovens da comunidade, os anseios da época e como isso influência as novas gerações.
- MULHERES REAIS (documentário)
direção: Janiely Gomes
Sinopse: A mulher no esporte e sua luta para com a aceitação da sociedade e do mundo esportivo. Vivências e desafios das atletas em alguns esportes ditos masculinizados.A relação do tema Esporte com o preconceito e o incentivo.
- O ELO PERDIDO (documentário)
direção: Elson Fernandes , Julio Castro , Cruz , Sidenei Junior
sinopse: Nas proximidades da cidade de Natal/RN, Bob Crazy prepara a festa do seu companheiro de jornadas rockers "Contrabaixo". Nos sortilégios da zona rural o malassombro está a espreita.
* O ÚLTIMO BACKUP (ficção)
Direção: Anália Alencar
sinopse: Um casal de meninas se conhecem pela internet. O que elas não sabiam, era que o mesmo veículo que as uniu, também era capaz de separá-las.
TRAIÇÃO NÃO EXISTE EM GUARANI (animação)
direção: Lula Borges
trailer -> https://youtu.be/UNcTQFhYhPk
sinopse: As florestas a cada dia estão mais destruidas. Para os povos indígenas isso é inexplicável e assustador
UM TERÇO DE MIM (ficção)
direção: Sihan Felix | fotografia: Laísa Roberta Trojaike
trailer -> https://www.youtube.com/watch?v=sXQPmsoOUk0
sinopse: Após planejar seu suicídio, uma mulher senta à mesa para se confrontar.

(Mudernage)

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Traição não existe em guarani selecionada para a XI Mostra Boom - UFRN

O curta-metragem "Taição na existe em guarani" de nossa autoria acabou de sair na lista dos filmes selecionados para a XI Mostra Boom e será exibido dia 19 a partir das 18:45 no auditório do Labcom - UFRN.

Homenageando a primeira cineastra negra brasileira, Adélia Sampaio, a Mostra Boom Audiovisual chega a sua 11ª edição que acontecerá segunda, dia 19 de junho e você é nosso convidado! 
Venha prestigiar o cinema potiguar!
Te esperamos a partir das 18h45 no Auditório do Laboratório de Comunicação da UFRN.



Para assistir o filme e conhecer o conteúdo, basta assistir abaixo:


Torcemos por sua visita no labcom, próxima segunda as 18:45.


terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Matéria no Jornal Zona Sul: Lugar de lixo é no lixo

O Jornal Zona Sul lançou uma matéria sobre nosso curta.
Lugar de lixo é no lixo.
quem puder visitar e ver algumas informações, agradecemos.


Jornal Zona Sul: Lugar de lixo é no lixo:            Filme de animação com tema ambiental, criado com programas livres. Legendas originais            em: português, ...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Curso de modelagem 3D para escolas

Trabalho selecionado para a FECITEC feira de ciências e tecnologia do RN onde escolas públicas mostram seus trabalhos. foram 175 trabalhos selecionados entre mais de mil e a Escola Estadual Ana Julia, que enviou 3 trabalho e os 3 Foram selecionados.
O curso de modelagem 3D é um curso onde os alunos aprendem sobre animação e modelagem 3D durante um ano e a culminância é mostrar seus trabalhos. Com isso eles se preparam de forma efetiva para o mundo pós escolar, na academia ou mercado de trabalho.
Algumas fotos da feira: